Pesquisar este blog

Ocorreu um erro neste gadget

domingo, 27 de junho de 2010

História_Parte 22

"Mas que diabos você está fazendo?! Duas doidas atrás de você e você aqui aos beijos com um estranho?". Elise tinha um sério problema, sua consciência pesava quando pensava demais. Rapidamente despendeu-se dos labios de Damien e conseguiu dar um jeito naquele broche teimoso. "Por que essas coisas nunca funcionam na hora certa?".
__Perdão, Sr.Damien. - Ainda um pouco corada correu para dentro de seu castelo, entrou em seu quarto e bateu a porta.
__Eu só posso ter ficado biruta mesmo! - escorregou até o chão e apoiou a cabeça nos cotovelos.
__Ora, ora... Pensei que você fosse a última pessoa a enlouquecer. - aquela som a incomodava, antes a deixava contente, mas agora aquela voz tão fina e suave a irritava profundamente. Gabi a irritava profundamente.
__Não pensei que fosse assim tão facil te encontrar, mestre... - Anna também estava lá, ambas esperando por Elise em seu quarto.
__Não acham que poderão me deter dessa vez, acham? Se mal puderam levantar um braço contra mim da última vez, o que as faz pensar que darei tal chance hoje? - ainda no chão, Elise preferiu não encarar as duas, que antes de trabalharem para a Corte eram suas aprendizes. Quem sabe assim não poderia se controlar?
__Temos que cumprir nossas ordens, senhora. - Gabi pegou seu violino, que num gesto rápido se tornou uma espada, e tentou uma investida no ombro, mas Elise desviou rapidamente e o corte fora apenas de raspão.
__Tola. - os olhos negros de Elise fulminavam de ódio e miravam Gabi como um arqueiro mira sua flecha no inimigo... E, assim como a flecha, os olhos de Elise rasgaram o ar e acertaram em cheio a caçadora.- Nunca pensei que você fosse me trair, Anna.
__Sinto muito, mestre, mas agora eu sivo à Corte.
__É uma pena. - ela caminhou até o corpo desacordado de Gabi e tirou uma caixinha de dentro de sua jaqueta.
__O que há aí dentro? - Anna ainda não entendia o que era aquilo.
__Minha caixa de memórias...
__O que ela faz?
__Acho que para alguém que veio me capturar você é bem desinformada, ahn?
__Eu não vim atrás de você... Só a Gabi...
__E "o que" exatamente você veio fazer aqui.
__Vim encontrá-lo, Elise...
Elise sentiu uma pontada de dor no peito. "O que será isso? Nunca senti nada igual..."
Lágrimas brotavam daquele vazio dos seus olhos. "Por que dói tanto?".
__Elise? O que foi? Mestre, está tudo bem? - Ela estava caindo no chão, agonizando com a tortura daquela dor misteriosa.
__Eu não sou sua mestre... - foi tudo o que ela pôde dizer antes de cair o breu profundo.


[by Iselo*]

Nenhum comentário:

Postar um comentário