Pesquisar este blog

Ocorreu um erro neste gadget

sábado, 26 de junho de 2010

História, parte 13


"Acho que tenho que voltar para casa; Elise não está aqui, e preciso encontrá-la. Mas antes...". Annie foi para fora do castelo e olhou o céu.
-Ah...- suspirou, cansada. Andou até a estrada e de lá, pegou uma carona com um alguém que não notou quem era. Por mais perigoso que fosse, acabou adormecendo e acordou quase chegando a seu país.
-Muitíssimo obrigada! - ela agradeceu. Logo, já estava chegando ao seu castelo.
Era cheio de torres, todo de pedra. Em sua volta havia algumas casas de camponeses, mas ninguém vivia ali. Annie morava sozinha.
Entrando em casa, deu uma boa olhada para fora. Era outro dia, porém não estava claro. Chovia, novamente. E chovia muito forte.
-Uma última olhada para a luz do dia. - e fechou a porta. Foi até sua biblioteca e sentou-se em sua escrivainha, pegando seu livro. Enquanto escrevia, lia em voz alta.
"Algo de muito estranho anda acontecendo...Não que as coisas que aconteçam comigo sejam normais, muito pelo contrário. Eu só quero um pouco de ajuda."
Fechou o livro e suspirou novamente.
-Digamos que é por isso que estou aqui. - sussurrou em seu ouvido uma voz. Annie fechou os olhos.
-O que você quer? - perguntou ela, já prevendo quem era.
-Ajuda. - respondeu. - E assim ajudo você.
-Como é que você consegue me encontrar?
-Eu nunca saio de perto de ninguém até que eu consiga o que quero. E pelo que sei, minha missão aqui está incompleta.
"Missão?", Annie pensou. "Mas que cara viajado!".
-O que você sabe sobre aquelas duas garotas? - perguntou ele, interrompendo seus pensamentos.
-Nada.
Ele, até aquele momento, não havia aparecido. Pôs-se frente à luz da vela sobre a mesa.
-Fique longe delas. - disse armagamente.
-Por quê? - Annie se levantou e franziu a testa.
-Porque é o que estou dizendo para você fazer. - Ele cruzou os braços por meio minuto e depois se virou, andando em direção às sombras e desaparecendo...

Nenhum comentário:

Postar um comentário