Pesquisar este blog

Ocorreu um erro neste gadget

sábado, 26 de junho de 2010

História, parte 14

15 horas antes...
-Você ouviu isso? - Anna perguntou a Gabi, pulando de susto.
-Sim. A porta se fechou. E daí, Anna? Aqui é um castelo! - Gabi foi até a cama e pegou uma caixa em baixo, como quem já soubesse que isso estaria ali.
-O que é isso? - Anna se aproximou.
-Uma caixa. - ela sorriu.
-Eu sei que é uma caixa, Gabi! - Anna deu um pulinho histérico.
-Silêncio! Eu preciso pensar... - ela abriu a caixa. Dentro dessa, havia um saquinho vermelho com laço preto, aveludado. Parecia pesado. Gabi ouviu um barulho e guardou o saquinho em sua jaqueta de couro.
Ouviu-se passos...
-Eu não entendo. - disse a voz. - O que querem?
-O que faz aqui? - Gabi se levantou da cama.
Anna se assustou e ficou imóvel.
-Seria mais adequado eu perguntar isso a vocês.
-Gabi, é ele! - apontou Anna.
-Dispenso apresentações. - ele se aproximou. Sua bota pesada fazia um barulho estrondoso no chão de madeira, que parecia ranger. - E dispenso vocês.
-Você não tem esse direito. - Gabi sorriu. - O que fez com Elise?
-Elise? - Anna perguntou. - Ele também conhece Elise, Gabi?
A figura colocou os braços para trás.Um breve sorriso relutante poderia ter aparecido.
-Não vai responder? - Gabi insistiu.
-O que quer com todas essas pessoas? - perguntou ele.
-O que você pretende, sumindo com todos eles? - Gabi gritou.
-Eu não sumi com ninguém! - Ele levantou o tom de voz. - E o que quer com Annie, ameçando-a por bilhetes?
-Eu não ameacei ninguém por bilhetes! - Gabi empurrou-o fortemente, mas ele pareceu nem sentir, sequer saiu do lugar...
-Então, quer me fazer crer que todos sumiram e no lugar deles um bilhete apareceu? - ele concluiu.
-Não! Quer dizer...A gente não sabe de nada, né, Gabi? - Anna entrou na conversa.
Gabi deu um passo para trás e suspirou.
-O que faremos agora, Lucius? - perguntou Gabi ao ele.
-Eu finalizarei minha missão.
Ele andou até a janela e abriu-a. Virou para trás e encarou as meninas.
-Não tentem fazer bobagem. - ordenou. Deu uma úlitma olhada para Anna, que parecia um zumbi.

Um comentário:

  1. Adoro mistérios e estou adorando essas histórias.Parabéns meninas e meninos!

    ResponderExcluir