Pesquisar este blog

Ocorreu um erro neste gadget

terça-feira, 13 de março de 2012

De apalavra sempre - Fabio Rocha


"quando vem a tempestade
(e sempre vem)
quero na casa
meu amor
pra sempre.


a casa calou.


calor interno
manteiga de ilusões…


a chuva tão linda
lá fora
só porque estamos
dentro."


(Fabio Rocha)

Nenhum comentário:

Postar um comentário